Como tomar colágeno hidrolisado?

Saiba quando é necessário fazer a suplementação e quais os benefícios do colágeno hidrolisado para a sua saúde.

O colágeno é facilmente associado a cuidados com a pele para mantê-la jovem e saudável. É verdade, porém as propriedades vão além do efeito rejuvenescedor e, infelizmente, o corpo para de produzir essa substância em um determinado momento da vida. Saiba quando é necessário fazer a suplementação e quais os benefícios do colágeno hidrolisado para a sua saúde. 

O que é colágeno?

O colágeno é uma proteína de origem animal que forma fibras resistentes e está em quase todas as partes do corpo, como em tendões, cartilagens, músculos, vasos sanguíneos e principalmente na pele e nos ossos. 

Para ter uma ideia, o colágeno equivale a cerca de 30% das proteínas no corpo humano. É produzido a partir de três aminoácidos: glicina, prolina e hidroxiprolina. Geralmente as proteínas são formadas por polipeptídeos organizados em estruturas tridimensionais específicas. 

Portanto, o colágeno é composto por três polipeptídeos helicoidais, unidos em uma tripla-hélice. Formam-se fibras que ficam mergulhadas em uma rede de proteoglicanos, moléculas constituídas por uma proteína central e cadeias de carbono. 

A função principal do colágeno é dar sustentação, resistência e elasticidade aos tecidos. Além de ser produzido naturalmente pelo corpo, pode ser encontrado em alimentos, como gelatina e carne, cosméticos e suplementos alimentares. 

Tipos de colágeno

Existem quatro tipos de colágeno. Conheça as características e propriedades de cada um: 

Colágeno tipo I – é o que está presente em maior quantidade no corpo humano. Pode ser encontrado em tendões, cartilagens e na pele. Sua estrutura longa e espessa proporciona resistência aos tendões, suporte para a elasticidade da pele e melhora a saúde das articulações, além de ser benéfico para unhas e cabelos. 

Colágeno tipo II – é similar ao colágeno tipo I, pois também está presente em cartilagens. No entanto, tem um diâmetro menor. Além de cartilagens, pode ser encontrado nos olhos e discos intervertebrais. É indicado para tratar problemas, como artrite, porque ajuda na recomposição do tecido ósseo.

Colágeno tipo III – é o segundo mais abundante no corpo. Está presente na pele, no útero, nos vasos arteriais e intestinos. Esse é o primeiro tipo de colágeno a diminuir a sua produção natural. 

Colágeno tipo IV – diferente dos outros tipos de colágeno, o tipo IV não é formado por fibras. As moléculas se prendem umas nas outras pelas extremidades e formam uma estrutura parecida com uma tela de arame, que funciona como um filtro. Pode ser encontrado nos rins e nas lentes da cápsula do cristalino, localizadas nos olhos. 

O que é colágeno hidrolisado em pó?

O colágeno hidrolisado é a proteína em partículas pequenas, que são absorvidas mais rapidamente pelo corpo. Como o próprio nome já diz, esse tipo de colágeno é derivado do processo de hidrólise, no qual a água promove a quebra das moléculas. 

A apresentação em pó é a mais consumida por ter baixa umidade e, por isso, uma durabilidade maior. A proteína pode se manter estável, na embalagem, até cerca de cinco anos. Além disso, traz resultados mais efetivos por ser mais concentrado. 

O colágeno hidrolisado é indicado para quem?

O colágeno hidrolisado é indicado para quem está com a perda da proteína, deseja fortalecer os ossos e cartilagens e melhorar os aspectos da pele, por exemplo, pois tem efeito rejuvenescedor. 

É muito utilizado para tratar problemas na articulação, como a artrite. O colágeno hidrolisado tipo II, por exemplo, ajuda a diminuir a inflamação das articulações e a reduzir a secreção de enzimas que atacam as cartilagens. Já o colágeno tipo I impulsiona a reconstrução da cartilagem deteriorada. 

Por que fazer a suplementação de colágeno?

Geralmente a perda de colágeno ocorre a partir dos 30 anos. Nessa idade, uma enzima passa a destruir as fibras de colágeno e, desta forma, a pele começa a envelhecer. 

Ao longo do tempo e com ação de outros fatores, como poluição, radiação solar, má alimentação e tabagismo, surgem as rugas, a pele fica mais flácida e muda de textura. Além disso, as unhas tendem a ficar mais quebradiças, a espessura dos fios de cabelo pode diminuir e há grandes chances de desenvolver doenças que causam deformidades ósseas e cartilaginosas. 

Diante de tantas consequências, fazer a suplementação de colágeno pode ser fundamental, principalmente na menopausa. Uma das formas mais comuns de repor a proteína é consumir o colágeno hidrolisado.

A suplementação deve ser feita estrategicamente após a avaliação das particularidades e as necessidades de cada pessoa. Além disso, o colágeno hidrolisado não prescinde de uma alimentação saudável e balanceada. 

Portanto, somente o médico ou nutricionista está apto a verificar se você necessita de suplementação de colágeno. O excesso dessa proteína pode causar espessamento e endurecimento da pele. 

Algumas doenças, como a esclerose sistêmica, geram o acúmulo de colágeno nos tecidos, chamado de fibrose, que pode causar problemas no funcionamento dos órgãos atingidos. 

Quais são os principais benefícios do colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado proporciona uma série de benefícios para diferentes partes do corpo, veja quais são: 

Melhora da firmeza e elasticidade da pele

O colágeno previne o aparecimento de rugas e estrias, devido à ação antioxidante. A suplementação se torna necessária quando há a perda da substância. Por meio do colágeno hidrolisado, o organismo absorve a proteína nos tecidos carentes. 

O efeito já foi comprovado cientificamente. Um estudo da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, da USP, demonstrou que mulheres de 45 a 60 anos, que consumiram o colágeno hidrolisado, tiveram melhora na pele. 

É ideal para quem pratica atividades físicas regularmente. Devido à ação fortalecedora, atua na estrutura de cartilagens, ligamentos e tendões, o que evita desgastes e inflamações. 

Fortalece as articulações

A substância previne e trata doenças, como osteoartrite e osteoporose, que atacam as articulações, reduz as dores de quem sofre com a degeneração das cartilagens (osteoartrite) e pode complementar o tratamento de doenças reumáticas, como a espondilite anquilosante. 

A perda de colágeno aumenta a densidade mineral e torna as articulações mais frágeis. Por isso, tendões e ligamentos tendem a ficar mais rígidos, o que pode provocar dores, desgastes e até rompimentos. 

Fortalece unhas e cabelos

O colágeno hidrolisado proporciona mais resistência e brilho ao cabelo, além de potencializar o crescimento. A proteína também fortalece as unhas e evita que elas quebrem com facilidade.

Acelera o metabolismo

A substância tem importante papel na recuperação muscular depois de atividades físicas e auxilia no crescimento de massa magra, que consequentemente acelera o metabolismo. Como o colágeno hidrolisado é digerido lentamente, dá maior saciedade. 

Além de todos os benefícios citados, o colágeno melhora o controle da pressão arterial e previne o aparecimento de úlceras gástricas. Vale ressaltar que uma alimentação balanceada potencializa os resultados proporcionados pela suplementação de colágeno hidrolisado. 

Quais são os efeitos colaterais do colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado é feito à base de ossos e cartilagem bovina e não costuma provocar efeitos colaterais, pois a proteína já existe no corpo humano. Em uma minoria de casos, pode haver sensação de peso, azia e alergia. 

Mulheres grávidas ou que estão amamentando devem ter um cuidado ainda maior, pois o período exige mais vigilância sobre as substâncias e alimentos consumidos. 

Atenção! Nunca se automedique. Antes de consumir o colágeno hidrolisado, consulte o médico ou nutricionista. Somente ele é capaz de avaliar a necessidade da suplementação, assim como orientar o modo de consumo, com a dosagem adequada ao seu caso. 

Quais são as fontes de colágeno?

Na natureza, o colágeno pode ser encontrado em alimentos de origem animal, como: 

  • Pele bovina, suína, de frango e de peixe;
  • Caldo de ossos feito a partir desses animais, como mocotó;
  • Gelatina;
  • Clara de ovo;
  • Derivados do leite, como manteiga e queijo. 

Esses alimentos são ricos em proteína com aminoácidos que formam o colágeno. As proteínas são decompostas, durante a digestão, e seus componentes (aminoácidos, vitaminas e minerais) são absorvidos pelo organismo. A partir dessas substâncias, o organismo produz o tipo de colágeno de que está precisando.

Além dos alimentos de origem animal, os aminoácidos, os minerais e as vitaminas C, A e E, necessárias para produção de colágeno, estão presentes em alguns vegetais e frutas, como: 

  • Ervilha;
  • Feijão;
  • Lentilha;
  • Espinafre;
  • Nozes;
  • Castanha-de-caju;
  • Laranja;
  • Acerola;
  • Abacate. 

Já a suplementação de colágeno hidrolisado pode ser feita em pó, cápsula ou em líquido. 

Como consumir o colágeno hidrolisado?

Geralmente a dose recomendada do colágeno hidrolisado em pó é de 10 a 20 gramas por dia, que equivale a uma ou duas colheres de sopa. Deve-se diluir a substância em meio copo de suco, leite ou iogurte, preferencialmente sem a adição de corante e adoçante.

Vale ressaltar que cada tipo ou marca de colágeno possui uma indicação específica para consumos, por isso apenas o médico ou nutricionista pode indicar a dosagem adequada para cada caso, assim como o modo de consumo. 

Lembre-se de adquirir um colágeno de qualidade que não possa colocar a sua saúde em risco. O mercado brasileiro tem importantes órgãos fiscalizadores que aprovam os produtos comercializados no país.

Portanto, não há necessidade de recorrer ao mercado internacional. Há boas opções de produtos nacionais, inclusive um preço mais atrativo. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco será um prazer atendê-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: