Para que serve a Maca Peruana?

Cultivada há mais de dois mil anos pelos incas, a Maca Peruana foi reconhecida pelos efeitos afrodisíacos e sua capacidade de influenciar positivamente na fertilidade masculina. No entanto, as propriedades da planta não param por aí. 

Saiba como a Maca Peruana pode beneficiar o corpo, sob diferentes aspectos físicos e psicológicos, por meio da suplementação e quais são as formas de consumo. 

O que é Maca Peruana?

A Maca Peruana, também chamada apenas de maca, é uma raiz nativa da Cordilheira dos Andes, no Peru. Tem propriedades medicinais que a fizeram ficar conhecida como um poderoso energizante natural. 

Tubérculo da família do nabo, do repolho e do agrião, a lepidium meyenii, nome científico da Maca Peruana, tem o formato parecido com de um rabanete. É rica em aminoácidos, hidratos de carbono, fibras, gorduras, minerais, como cálcio, magnésio, fósforo, zinco, ferro e vitaminas B1, B2, B12 e C. Importantes nutrientes que auxiliam no aumento da energia e do vigor físico. 

As propriedades da planta desempenham uma série de funções no organismo, ajudam a prevenir doenças, aumentar a libido e a diminuir a fadiga, por exemplo. 

Benefícios da Maca Peruana

A Maca Peruana tem ação energizante e restauradora, que age tanto nos aspectos físicos do corpo quanto nos psicológicos. Veja quais são: 

Melhora da performance física

Por se tratar de um energizante, a Maca Peruana deixa você mais disposto, o que pode aperfeiçoar a sua performance em determinada atividade física. 

Além disso, a ação antioxidante pode colaborar para uma melhor capacidade de endurance, ou seja, maior resistência aeróbia de longa duração. Você consegue manter contrações musculares por um período de tempo mais longo. 

Ingerida depois da atividade física diminui a fadiga muscular e as dores, porque reduz a quantidade de ácido lático e ácido malônico no organismo. 

Controle de diabetes

A raiz atua para prevenir o desenvolvimento da diabetes de duas formas: 

  • O alto teor de fibras diminui a velocidade de absorção da glicose;
  • Dificulta a ação de uma enzima que atua no processo de digestão. 

Sendo assim, a Maca Peruana evita a liberação de grandes quantidades de insulina de uma vez só, o que pode provocar resistência à substância e contribuir para o surgimento da diabetes. 

Ajuda a emagrecer

Como a Maca Peruana é rica em fibras, contribui para uma sensação de maior saciedade e reduz o apetite, o que diminui a ingestão de alimentos durante as refeições. Também ajudam o intestino a funcionar melhor, o que evita inchaços abdominais e desconfortos. 

No entanto, é necessário que, aliado à suplementação, haja uma mudança de hábitos, com uma alimentação balanceada e prática de exercícios físicos, por exemplo. 

As fibras também têm função antiviral. Atuam no combate de diversos vírus, o que proporciona benefícios terapêuticos. 

Aumenta a fertilidade masculina

O consumo da Maca Peruana pode ajudar no aumento do volume de sêmen, da contagem de espermatozoides móveis e da motilidade espermática. Uma propriedade de grande valia para quem está na busca de ser pai. 

Ajuda na saúde sexual

A Maca Peruana pode beneficiar quem sofre de disfunções sexuais. O suplemento auxilia no aumento do desejo sexual tanto em homens quanto em mulheres. Há evidências de que a raiz ainda diminui os níveis de estresse e ansiedade, fatores necessários para uma relação sexual plena. 

Estudos indicam que as propriedades da planta agem sobre o hipotálamo e as glândulas suprarrenais que geram esses efeitos estimulantes. A Maca Peruana também contribui para o equilíbrio de hormônios sexuais, como a testosterona, o estrogênio e a progesterona. 

Diminui sintomas da menopausa

Acredita-se que a atuação do tubérculo sobre os hormônios consegue amenizar os sintomas da menopausa provocados pela redução na produção de estrogênio. 

Atenua incômodos, como ondas de calor, secura vaginal, mudanças de humor, problemas de sono e irritabilidade, sem provocar nenhum efeito colateral aos tratamentos disponíveis. 

O equilíbrio hormonal proporcionado pela Maca Peruana também interfere no metabolismo ósseo, que dificulta o processo de desmineralização, perda de elementos minerais importantes, como flúor e cálcio, reduz a fadiga, aumenta libido e colabora para a hidratação do corpo. 

Melhora o humor

A Maca Peruana tem flavonoides, compostos vegetais que geram maior disposição e ânimo. É comprovado que a suplementação melhora os hormônios e humor de mulheres, principalmente no período pós-menopausa. 

Melhora a saúde mental

As propriedades da Maca Peruana agem diretamente sobre o hipotálamo e a glândula pituitária, regiões do cérebro que auxiliam a ter mais foco. Além disso, atuam para melhorar a energia física e mental, diminuem o estresse, amenizam a depressão e aliviam a ansiedade enquanto estimulam a atividade mental. Veja os principais benefícios relacionados a saúde mental:

  • Aumento da energia mental;
  • Foco melhor;
  • Melhora da memória;
  • Sensação de calma. 

Afasta o câncer

As propriedades presentes nas vitaminas e minerais da Maca Peruana ajudam a combater os radicais livres, que podem lesionar as células e causar câncer. Estima-se que a raiz diminui o risco de alguns tipos de câncer, como pâncreas, mama, próstata, cólon e pele. 

Protege o coração

Rica em ômega 3, gordura boa para o organismo, a Maca Peruana protege a saúde cardiovascular, devido ao efeito vasodilatador e regulador do colesterol. Também presente no tubérculo, o ômega 9 aumenta o nível de LDL (colesterol ruim) e aumenta o do HDL (colesterol bom). 

Além disso, os aminoácidos ajudam a controlar as gorduras no sangue e a pressão arterial. Não é à toa que o alimento é conhecido como amigo do coração. 

Turbina a imunidade

A Maca Peruana aumenta os níveis de antioxidantes que protegem as células do organismo, além de ser rica em vitaminas do complexo B, vitamina C, zinco e magnésio, responsáveis por equilibrar o sistema imunológico. 

Benefícios da Maca Peruana em análise

Alguns benefícios do suplemento ainda estão em fase de estudos, já foram aferidos em animais, mas faltam testes em seres humanos. Veja quais são: 

Protege a pele contra raios solares – os raios ultravioletas prejudicam a pele sem proteção solar. Podem causar câncer de pele ao longo do tempo. Um estudo com roedores, que receberam aplicação do extrato de Maca Peruana, mostrou que a substância impediu danos à pele causados pelos raios ultravioletas.  A pesquisa sobre o extrato da raiz precisa evoluir para testagens em humanos. 

Melhora a função cerebral – há registros que nativos do Peru usavam a Maca Peruana para aperfeiçoar o desempenho das crianças nas escolas. Já foram feitos alguns estudos em animais que comprovam que o alimento melhora a memória e a capacidade de aprendizagem. 

Reduz a próstata – a hiperplasia benigna é uma das doenças mais prevalentes na região nativa da Maca Peruana. A doença consiste no aumento do tamanho da próstata e causa sintomas, como vontade de urinar com frequência e até estreitamento da uretra. Uma pesquisa feita com camundongos demonstrou que a raiz diminui o tamanho da próstata por ter muitos glucosinolatos, compostos com ação anticancerígena. 

Como tomar a Maca Peruana?

Para dar origem à suplementação de Maca Peruana, os nutrientes são extraídos da planta e transformados em cápsulas ou em pó. 

A farinha de Maca Peruana, como também é chamada a versão em pó, é bastante versátil. Pode ser diluída na água, em sucos, vitaminas ou no líquido que você preferir. Também é possível utilizá-la no preparo de alimentos, como bolos, pães, biscoitos, cremes, sopas e ensopados. Há quem goste de consumir o pó misturado junto com frutas e cereais, fica a seu critério. 

Tanto as cápsulas como o pó podem ser facilmente encontrados em farmácias convencionais ou de manipulação. 

Maca Peruana em pó ou em cápsulas?

A escolha dependerá da sua preferência e da indicação do seu médico ou nutricionista. A Maca Peruana em cápsulas é mais prática para tomar, enquanto a versão em pó permite mais possibilidades para o consumo. 

Atenção quanto à procedência, pureza e concentração do produto. Alguns estabelecimentos comercializam a Maca Peruana produzida na China ou até mesmo no Brasil, o que não é seguro, pois as propriedades da planta dependem das condições climáticas da região peruana. 

Procure observar a cor do produto. O suplemento de qualidade tem coloração dourada. 

Dose diária recomendada de Maca Peruana

É sugerido tomar de 400 a 1000 mg por dia, seja em cápsulas ou pó. Porém, consulte o médico ou nutricionista antes de consumir a Maca Peruana. Somente ele é capaz de avaliar a necessidade da suplementação, assim como orientar o modo de consumo, com a dosagem adequada ao seu caso. 

Quem não pode tomar Maca Peruana?

A Maca Peruana é uma substância natural que geralmente não provoca efeitos colaterais. No entanto, é necessário sempre contar com o acompanhamento profissional ao desejar fazer a suplementação. 

Atenção! O tubérculo não é indicado para mulheres com câncer de mama, câncer de colo do útero ou endometriose, por exemplo. Grávidas e lactantes também não devem consumir a raiz, pois não há evidências que comprovem a segurança do produto nestas situações. 

Apenas o médico ou nutricionista poderá liberar ou vetar o uso da Maca Peruana. Nunca faça suplementação por conta própria.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco será um prazer atendê-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: